segunda-feira, 11 de julho de 2011

Cap.2 -O retorno ao Brasil




Aconteceu um fato isolado e estranho neste decorrer de três meses de conhecimento à distância. Ele sumiu. não o encontrava por telefone e nem por rede social e muito menos por e-mail. Depois de quase dez dias, ele apareceu e disse que havia se acidentado de carro e tinha sido hospitalizado. Achei aquilo muto estranho. Conversamos via e-mail e eu disse que só acreditaria que era ela depois dele ligar a falar comigo pessoalmente.

Quando o telefone tocou e vi que era uma ligação internacional...nossa!
Quase morri de felicidade e não cria que ouvia a voz dela. Eu atendi quase cai do sofá e fui atendê-lo na varanda, conversamos por 20 minutos e estes 20 minutos ficaram pelo resto da semana na minha cabeça.

Enquanto conversávamos ele mencionava o nome de uma ex-namorada ao menos umas sete vezes. Achei aquilo ridículo e me senti um "divã com orelhas. Uma pessoa infeliz, ressentida. e por ter passado por isto eu entendi o que seria estar no momento de estresse e exaustão.

O fato dele sempre se fazer de vítima, injustiçado e roubado me fez crer que ele tinha culpa no cartório sim, só não sabia qual seria. Comecei então a pensar: “Por quê? Todas às vezes “elas” erram? Mas como eu havia passado anteriormente pór um relacionamento em que fui realmente “roubada e enganada por um gigolô” pensei que a história dele não poderia ser mentira e nem exagero.

Meus Deus, quando desliguei o telefone a satisfação que eu me encontrava era tamanha que nem dormi de felicidade, fui dormir às 3 horas da manhã naquela noite de domingo. Ele me enviou um e-mail dizendo que voltaria em 15 dias e também mandou o extrato do vôo. Achei bonitinho da parte dele.

Chegou o grande dia e eu liguei pra ele pra desejar boa viagem e não via a hora dele chegar à sua terra natal, mesmo que fosse longe da minha casa, mas ao menos estava mais perto de mim.

Dói-me muito ter e rever os e-mails nossos (hoje passado quatro meses), mas sei que me fará bem contar esta história. Ontem eu chorei muito, muito mesmo porque fiquei vendo as fotos dele no meu celular e pensando: Porque?

Em meio de tantas conversar com ele, o mesmo percebeu que eu tinha um raciocínio muito rápido e uma clareza mental idem. Veio com uma história de sermos parceiros nos negócios e que ele queria abri ruma grande negócio co o dinheiro que ganhou com consultorias no exterior.Acho interessante e plausível esta análise dele de unir o útil ao agradável. Não é bom ficar falando mais de negócios do que de amor e sentimento. Mencionava sempre o fato de ter sido humilhado por não ter dinheiro. Pensava, nossa mais isto faz tanto tempo porque não se abrir para a vida? Então tentarei mostrar a ele uma mulher “diferente” das que “ele dizia” não serem boas coisas. Vamos lá...

Não conseguia sequer para de pensar por um momento nele, queira dar bom dia, boa noite, boa tarde, bom segundo. Era muito carinhosa com ele, mas também como aquela cara de cão-sem-dono.rs. Foi um destes motivos que me afastaram dele posteriormente. Não respondia a qualquer afago meu. E num relacionamento senão existir carinho e afeto, então não há sentido de ser. Sinto-me incompleta de não CONSEGUIR ser assim e nos últimos momentos eu não conseguia porque o desprezo e frieza eram tão grandes que eu me recuava e aquele buraco estava me matando.

Eu sempre me preocupara pelo ritmo de trabalho dele. Preocupava-me DEMAIS e queria vê-lo bem e não rico, riqueza sem saúde de que me serviria até porque eu PRECISAVA dele também. Teve um dia em que vi uma foto dele no Orkut e quase morri de desespero, olheiras, cansaço nítido, apatia, nossa eu queria estar lá naquele momento pra fazer algo por ele e estar perto dele.

Fiquei surpresa, não esperava tão carinho e percebi que mesmo um pouquinho ele já sentia minha falta ou do que estava dando a ele.Eu agradeci e ele respondeu: “se você tiver paciência comigo tudo vai dar certo...”Lendo os e-mails ele ME PARECIA SINCERO E CAUTELOSO apenas. Não podia imaginar o tamanho de seus problemas de relacionamento.

Percebia também que ele ERA ou ESTAVA muito ansioso e nervoso. Isto não faz bem a ninguém que esteja perto de você e eu temia ser o ESCAPE NOVAMENTE. Não queria também que Ele me visse como a solução de seus problemas profissionais. Queria montar um negócio inovador e PERCEBEU o meu talento para ajudá-lo.Achava muito pesado para um QUASE INÍCIO de relacionamento. Isto tem que se dar depois de muito tempo ou meses DE MUITA INTERAÇÃO. Mas gostei muito de estar nos planos dele e espantei a confiança excessiva em mim de cara assim.

E como eu queria continuar a pensar assim. Uma mulher que ama jamais deve abandonar seus objetivos, focos e o homem que ama, mas o que fazer se mesmo te afasta dele. Eu sempre questionava a FRIEZA dele e no fundo sabia que isto ME TRARIA problemas futuramente. Ele dizia agir com cautela num estilo “alemão” de ser, mas que nos daria uma chance. Eu ficava feliz, mas será que valeria a pena investir em alguém tão relutante a se entregar ao mesmo tempo em que pedia para se entregar a ele e PROVAR que isto valeria à pena?
Eu tentava mesmo longe e distante e mesmo nunca tendo visto-o ser mais próxima, lhe dando muito apoio moral em virtude de tanto problemas acumulados e explodido naquele devido momento em que eu o conheci.
Pensei então de enviar várias músicas que imprimiriam o meu sentimento.

Percebi que ele relutara muito numa interação por meios eletrônicos, dizia que brigou muito com ex e etc. Bom ia ficar difícil morando distante e não gosta de interagir com MSN, telefone internet,mas vamos lá.Eu respeitava muito sua frieza e aguardava que ele me visse e me sentisse para que isto de dispersasse.

Tudo que se podia dizer a ele, ele sempre interpreta de forma distorcida. Ele sempre compara demais, mas se eu dissesse algo simples para ele era super hiper ofensivo. Meu medo de saber lidar com este tipo de pessoa parcialmente egoísta aumentara.“Tudo tem que ser bom, mesmo não sendo ao vivo.

Estava peto dele retornar ao  Brasil e dias anteriores à sua vinda, ele havia dito que ocorrera um contratempo com seu carro e que pro isto ficou sem comunicação o dia todo. Foi coisa divina mesmo que EU NÃO QUIS VER.

Quando acessei um dos perfis que eu já sabia que ele tinha pelas internetes da vida, via recadinhos dele para outras mulheres: “Me passe seu telefone o mais breve possível”, mas para mim havia dito que sumiu.

Dois dias antes a sua vinda uma “outra contata” dele postou o seguinte recado: “Oi (...) você sumiu?”, “Cadê você”, “Porque não atende?”, “Você vai vir mesmo para (cidade...)?”claro que tinha marcado algo com ela TAMBÉM.
Aquilo ali me quebrou, mas pensei vamos ver como será depois de estar comigo afinal ele nem me viu...A GENTE PEDE, DEUS MOSTRA e A GENTE NÃO VÊ.

Parece sem nexo eu ficar contanto detalhadamente, mas como o objetivo é contar a minha história, e alertar sobre homens que PRECISAM E DEPENDEM DE VOCÊ de CARA, aos poucos vocês entenderão o porquê os DETALHES são os SINAIS. SINAIS que as mulheres que têm boa perspicácia e que infelizmente e muitas das vezes viram NEUROSE , DEVEM SER CONSIDERADOS. A CARÊNCIA em 90% da vezes nos cegam porque queremos acreditar que aquilo que estamos vendo VAI TER SOLUÇÃO COM O NOSSO AMOR: NUNCA, mau-caratismo é de berço.

Enfim chegou o dia em que ele viria até a minha casa. Comprei flores para um jantar que preparei com maior carinho. Liguei pra ele e perguntei de tudo que ele gostava e lá foi eu no meu horário de almoço comprar coisinhas pra ele.
Sobremesa, entrada, tira-gostos enfim tudo e claro um bom vinho. Deixei pago um táxi para levá-lo em casa, caso chegasse numa hora e que eu não pudesse recebê-lo em casa. Pedi à minha amiga para que deixasse a casa um brinco de cheirosa e limpa e claro com todas as comidas prontas(devo isto a ela).


No final da tarde recebi uma notícia que me tirou o chão. Em função de uma postergação do início de seu novo serviço no país para onde iria ele não viria mais naquele dia. Nossa as flores que comprei pra ele murcharam até :).
Tudo bem postergamos para uma semana após.


No dia em que ele chegou fui recebê-lo com um mini-buquê de flores que comprei pra ele claro. Mas aquele ônibus não chegava. Pensei de tudo, mas o que eu mais queria era poder tocar nele. Foi naquele momento que eu o vi procurando-me na rodoviária (lotada) e vi aquele rostinho lindo das pessoa mais desejada do mundo.

O encontro será o meu próximo capítulo porque foi muito lindo...pra mim inesquecível porque foi o dia em que toquei e vi o homem que "achava que mais amei na vida"!

Ver o  Cap.3: "Então eu o beijei..."

18 comentários:

Anônimo disse...

oi. Também vivi uma histpória com HOMEM SUGADOR.
Muito boa sua idéia de escrever,e sei que vai fazer bem pra você e para quem ler. Serviço de utilidade pública

Anônimo disse...

Me parece ser uma história bonita pra você, porém bem trist eno final, vamos ver...
bjs

Anônimo disse...

Adorei, vou seguir isto até o fim,mas já se percebe que é galinha. É sempre assim

Anônimo disse...

Me parece ser uma mulher de fibra, pena ter encontrado esta coisa complicada e nojnenta numa fase de carência sua. Vou ler até o final.
Parabéns pela idéia!!!
Muito boa contar tudo e sem falar nome de ninguém, total classe!

Anônimo disse...

É seeeeempre a mesma coisa, as mesmas desculpas, ô nojo! Ainda bem que se livrou deste nojo aí...
Eita mulher de raça sô!!!

Valentina, uma mulher que fala disse...

É este blog é um ALERTA para sabermos administrarmos nossa carência e ouvir os amigos que enxergam de longe e querem te preservar. Quando mais de um um disser, REFLITA!
enfim, mais um péssima experiência em meio de 7 até hoje das quais as demais eu fui MUITO BEM TRATADA E RESPEITADA.
Momentos de fraquesa nunca foram bons pra ninguém.

Anônimo disse...

Morar longe é foda, ainda mais no exterior.
Gostei da sua história e vou seguir.
Paty :)

Anônimo disse...

Gente, eu tô amando este Blog...

Valentina, uma mulher que fala disse...

EXCELÊNTE INDICAÇÃO:
Co-dependentes anônimos
http://www.codabrasil.org/index1.htm
http://www.angelfire.com/biz/codabr
Boa leitura
A Moderação

Rafaela disse...

é isto que dá agradar homem no começo, isto não existe. ai que traumatizado então..oras bolas!!!!
Mini bouquet na chegada, sai fora!!! ele que é homem , ele traga flores oras bolas!!!!!
os dois tem que entrar com 70% num relacionamento!!!

conversinha de homem folgado e mentiroso!!!!!

Valentina, uma mulher que fala disse...

Rafaela,
Não me arrependo de agradá-lo em sua chegada, mas concordo que isto seria um costume masculino, porém não definitivo e conclusivo quanto ao caráter.
Como afirmei em minha "sinopse"(rs..) Não perderei meu costume e forma de amar, não perderia minha essência por algo que não vale a pena nemlembrar...
Romântica e intensa, porém com mias cautela de início e de OLHOS ABERTOS.

Vânia disse...

......nossa, que carinho e cuidado que tinha por este ser e é uma pena ter sido perca de tempo.
Aiai!
Bjs Van

Valentina, uma mulher que fala disse...

Prezada Vânia,
Não foi perda de tempo e sim erro de foco e talvez se eu não deixasse ele "invadir" minha privacidade e me jogar tantas questões de sua vida para eu participar e resolver, com certeza eu teria vivenciado algo menos nocivo à mim.
Este é o objetivo e intenção do Blog.
Olhe em noventa por cento para você e não para ele
A Moderação

Valentina, uma mulher que fala disse...

Prezado (a),
Que bom que está acompanhando.
EO capítulo 7 será finalizado no mais tardar sexta-feira agora.
Ando muito ocupada com minhas questões profissionais e principalmente PESSOAIS (rsss.) que me afastei do caso porque esta questão causa-me "ASCO" e me faz sentir culpada pelo TEMPO PERDIDO com algo tão baixo, pequeno, sem agregação e desprezível.
Nesta próxima sexta-feira à tardinha você entra para ler, e este é penúltimo, GRAÇAS À DEUS.
O meu foco é começar com a minha história e continuar contando história de outras.
Abraços
A Moderação

joana disse...

Cara, eu também adoro esta música: The Very
Thought of You...

Anônimo disse...

nisso já estou doutorada, esses homens sugadores sempre inventam um filho da puta, uma mãezinha doente ´para ficarmos com peninha e abrir a carteira, tinha que ter um cacetete na cabeça..rs Sempre inventam acidente, que estão morrendo, então que morram de uma vez e parem de encomodar

Mulheres fortes de Chupins Violentos disse...

RSSS

Mulheres fortes de Chupins Violentos disse...

POR ISTO CHUTEI O "CU" DELE

Postar um comentário

Olá, seja bem vinda ESCREVA e faça valer a sua opinião.