sexta-feira, 6 de julho de 2012

Gravidez: A responsabilidade é de duas pessoas e não uma só.


Senão quer se sobre carregar na sua vida familiar imponha desde o início.
Eu sei, você está grávida, trabalha fora ou em casa (e muito), tem que aturar alguns colegas de serviço (pé no saco) e marido que chega em casa e não dá valor em nada do que você fez. OU até aguentar violência verbal ou física (cúmulo). Está num ponto que não aguenta nem mais levantar da cama de tanto desânimo...Você carrega esta barriga enorme com um filho o qual planejou ter com um homem que achou que faria tudo que disse quando vocês decidiram engravidar. Está cansada porque a gravidez te consome, sua casa, marido e trabalho mais ainda. Parece que tudo está pesado, não é? NÃO. É você que está com a "mão leve demais". Esta cansada porque é só você pra fazer tudo.

Não interessa se o bebê foi planejado ou não, se foi na hora certa ou não, se está casada ou morando junto com ele, nada disto importa agora porque sie que você está sensível demais e quer atenção, carinho, está com um ser vivo dentro de você e com a saúde um pouco frágil pela gravidez e mais seus afazeres como mulher do século XXI: Trabalhar, cuidar da casa, filhos ou marido. (Cuidar de marido??? Eca, ele não é retardado? Ou é?).
É muita coisa não é? É muita mulher pra pouco homem, não concorda? Nós somos PHODA!!!


No momento o seu FOCO É VOCÊ. Se você está grávida não se culpe por estar com um cara tão folgado. Lembre-se do tanto que você consegue fazer A MAIS QUE ELE. consegue ser mais humana, mais carinhosa, mais atenciosa, mais dedicada ao trabalho pra provas seu valor, cuida da família e tudo mais, então pensa comigo: Não precisa ficar triste porque você tem gana e condições de se superar e inclusive esta tristeza, então porque se sente impotente relativo à isto? Vai entrar em depressão por isto? Lembre-se de que seu filho depende de você pra tudo e inclusive para não sentir suas tristezas. Ah, mas nem isto eu posso sentir, então? Claro que pode, é compreensível estar ao lado de um homem que não age feito tal perante uma gravidez ou a chegada de um filho. Se ele é folgado, COBRE EXIGE E ESPERE VER ELE FAZER, seja o que for que esteja lhe incomodando. Só depende de você querida. 

Se for e quando tiver conversas sobre a crianção de filhos(as), deixe claro a responsabilidade sobre filhos(as), desde trocar fralda, e levar à escola e aconselhar quando preciso (jamais bater).

Mas tente sair, espairecer mais, ter contato com amigas, ou colegas de serviço depois do trabalho, cerque-se de leituras engraçadas e saudáveis, televisão, filmes, passeios, nada de "depre". Mesmo você não tendo condições, procure na Internet as possibilidades na sua cidade ou bairro de se divertir sem gastar, sempre haverá algo, pode ter certeza. eu sei disto porque tive que me virar quando aquele lixo me roubou e me encher de dívidas, quase enlouqueci, ma achei coisas interessantes. Esporte principalmente, caminhada é gratuita, converse com pessoas alegres e que agreguem. Não que esteja fugindo, mas se está assim, vai fazer o que? Tomar remédio? Esperar ficar pior? Você precisa se distrair de suas tristezas ou decepções.

Nem tudo é aquilo que queríamos ou planejamos, porém estamos aqui para se superarmos e eu sei que você pode e consegue é só se focar mais e acreditar em você. Vista-se melhor, cuide do seu cabeço e seu rosto, seu corpo, você está linda grávida, é muito bom cuidar do nosso corpo, tome banhos mais demorados, curta o banho, ele relaxa e revigora. que mulher não gosta de tomar um banho delicioso e se cuidar e se arrumar depois? quem disse que você não pode fazer isto? Gravidez não é doença, é um desafio e não é pra qualquer um não. Uma grávida linda, é isto que você pode ser. Começar a cuidar de você é muito bom, seja de que forma for e mulher nunca perde sua essência, será sempre vaidosa, hehehe.

Se for preciso releia isto que eu escrevi uma mil vezes e deixe entrar na sua cabeça.

No caso de agressão verbal, não abaixe a cabeça, encare e enfrente-o e se for preciso mete o pé ou denuncie.


Você precisa sentar e conversar com este ser que está ao seu lado te decepcionando ou não te dando atenção o suficiente. Não por ele ou que ache que vai adiantar algo, MAS POR VOCÊ, colocar isto pra fora. cobre dele a responsabilidade de pai do bebê antes dele nascer. Oras, você também já não tem uma? Gerar e parir? Ele que se vire. Como eu disse na imagem(acima) uma criança não se gera sozinha. Carregar e parir sim, gerar não e criar também não. Mas aí dependerá de você se impor ou cobrar as responsabilidades dele como pai.

Se for o caso de você estar planejando ser mãe junto da pessoa que escolheu, verifique antes se ele seria um bom pai e parceiro/companheiro, antes de ter que vivenciar tudo isto. Evite este tipo de coisas e PÁRA de achar que as pessoas mudam "certos tipos de comportamento". Não muda merd.. nenhuma, nunca!

Se você for evangélica e acredita que ele mudará faça isto acontecer antes de engravidar pra não dar tanto trabalho pra Jesus Cristo depois de engravidar ou ter um marido e pai dos seus filhos (as) dentro de casa. Aprenda a não pedir tanto à Ele e começar a você mesma a fazer algo o seu papel de mulher PARA COM VOCÊ MESMO. Valorize-se!
Eu bato tanto neste tecla porque estou cansada e entristecida de ver grandes mulheres escondidas em disciplinas machistas e repressoras e sem sentido e nada cristãs e sim apenas manipuladoras: "Psiu, ser feliz não é pecado, prejudicar os outros sim, principalmente à você mesma".

Você tem VALOR, GARRA e PODER pra ser feliz e mudar tudo isto que eu citei acima, caso esteja passando ou orientar uma amiga que passa por este.
Este artigo eu pensei porque sei que em meio de tanta confusão esquecem-se de mulheres que não conseguem largar o lixo que tem em casa e algumas ainda estando grávidas, mas eu não esqueci de vocês.

Se você é uma adolescente grávida ou conhece alguém nesta situação, lá vai uma "By Valentina". Se ferrar uma vez é compreenssível, duas é burrice e três ou mais é doença (tratável). O seu parceiro, pai do seu filho, namorado, "namorido", TENDO OU NÃO  condições psicológicas, sociais e financeiras de ajudar a criar o filho(a) de você, não faz de você uma parideira. Agora é hora de REDOBRAR SUA ATENÇÃO NA QUESTÃO DE CONTROLE DE NATALIDADE.
"Vamos morar juntos?" Nossa a probabilidade de fazer outro filho "ainda sem poder é grande" então tome vergonha na sua cara e vite.
"Ah, mas ele não gosta de usar camisinha": FODA-SE, seja você a esperta e cuide de você e seu corpo. USE CAMISINHA E ANTICONCEPCIONAL, se falhar um tem o outro, quem não quer mesmo ter filho NÃO O FAZ! Tem estes dois métodos de graça no SUS. Se isto aconteceu porque "vocês permitiram", tudo bem, agora foque-se em sua vida profissional porque é a única garantia de sua sobrevivência, estudo ou profissão é que te garante um futuro mínimo. Não falo só de faculdade, falo de curso técnico, ou rápido, enfim algo que te dê condições de sobreviver sem depender de homem pai e mãe. Quem teve filho sem poder você você então, problema é seu, cresça e não se faça de vítima. Quem tem filho não pode depender de pai e mãe ou quem a criou, agora é alguém que depende de você ( e seu o pai do seu filho(a)). Sei que é chato ouvir isto, porém a única realidade que a fará crescer e ser feliz! e claro, jamais admita pré-conceito ou maus trato por ser "mãe solteira", pois isto não a diminui em nada, se fizer tudo correto só a faz ser admirada. Sei que pode se sentir sozinha, mas busque em alguma força que acredita e EM SUAS ATITUDES o sentido de sua vida daqui pra frente.

Homem não quer mulher com filho(a) de outro? Sim, ele tem o direito de quere isto em seu planejamento familiar, mas FODA-SE! Procure um que te respeite e que isto não lese os projetos de vida dele.

E pra quem vai pra"balada' e larga filho com terceiros ou pai e mãe e ou irmãos, nem vou comentar porque nem compensa. PORÉM SE ALGUEM LHE TIRAR A CRIANÇA OU FOR PRESA POR MAUS TRATOS E OU ABANDONO, bem feito!
Não conte com homens até porque eles não tem obrigação de sustentar mulher alguma E NÓS NÃO PRECISAMOS DISTO. filho sim é obrigação dos dois, mulher não. Isto é vergonhoso.
Do mesmo jeito que um lixo de homem dependeu de mim pra comer por meses, ridículo porque nem deficiente físico depende dos outros, oras?!!

Há muitos casos de mulheres grávidas que não tem compreensão ou apoio psicológico que precisam nesta fase tão delicada e o que poderia ser uma fase linda pode tornar-se um inferno.
Estarei sempre do lado de vocês MULHERES, o resto é "resto".

IMPORTANTE: Se você está com as características que citei nos primeiros parágrafos converse isto com seu médico(principalmente), cuide de sua saúde física e mental, mas não deixe de se impor sem te causar danos e à seu bebê. E principalmente NÃO SE CULPE, a criança aqui é seu bebê e não seu marido (namorado).

Em caso de agressões: DENUNCIE, DISQUE 180 SEM MEDO. Esqueça os outros e problema dos outros, CUIDE DE VOCÊ, SÓ VOCÊ E SEU BEBÊ.

PETIÇÃO 2 http://estatutonascituronao.fw2.com.br/

Carinho da Valentina :



17 comentários:

Mallagueta disse...

É por isso que eu nunca quis ter filhos. O rojão sempre fica pra mulher. Tudo seria mais fácil se as mulheres batessem os pés e exigissem uma divisão mais igualitária nos cuidados dos filhos, mas a maioria jamais fará isso por acharem que os filhos são obrigação dela. E também por medo de perderem o homem.

Muitas vezes elas vão achar mais fácil assumir tudo e engolir os sapos do que brigar pelos seus direitos.

Valentina, uma mulher que fala disse...

"Muitas vezes elas vão achar mais fácil assumir tudo e engolir os sapos do que brigar pelos seus direitos"
É o que a maioria faz , porém tento mudar isto com o meu blog.

Anônimo disse...

ah eu aqui novamente encantada com mais uma materia
Valentina vc e fera!!!!
parabéns belo texto
bjos de sua fã (EDI)

Valentina, uma mulher que fala disse...

Querida Edi,
sou phoda hehehehehe

Zaz Zz disse...

Pena que muitas machos não tem essa consciência.
Ser pai é uma coisa maravilhosa.............

Sarah Y Gautama disse...

"Se for o caso de você estar planejando ser mãe junto da pessoa que escolheu, verifique antes se ele seria um bom pai e parceiro/companheiro, antes de ter que vivenciar tudo isto. Evite este tipo de coisas e PÁRA de achar que as pessoas mudam "certos tipos de comportamento". Não muda merd.. nenhuma, nunca!"
-------------
Adorei este trecho. Tem que ver sim, com quem vai ter um filho, mas tbm com quem está se relacionando - sempre. Pq mudar, nunca mudam.

Cookie disse...

Concordo plenamente com tudo,Valentina...A gente precisa ver se o homem será um bom pai para o bebê e um bom marido.Graças a Deus tenho um grande pai,que nunca deixou faltar nada e nunca maltratou os filhos,mesmo não tendo se envolvido diretamente em partes da criação como ajudar a trocar fraldas,ensinar a amarrar os sapatos ou brincar.Um dia quero ter um companheiro que seja pro bebê que futuramente quero ter o mesmo que meu pai foi pra mim...

Valentina, uma mulher que fala disse...

ta vendo, mas mesmo assim tendo uma coisa boa ou nao vc semrep quererá uma coisa boa, memso que as vezes vc busque o ruim por pura insciência de nao perceber a forma ocm que isto te foi coloado

Késia Mota disse...

Gostei deste blog, bacana!

Abraço,
Késia Mota

Anônimo disse...

Nunca fiquei grávida, mas dos 2 relacionamentos que tive tive dois alarmes falsos, achando que estava grávida e na verdade não estava.E esses 2 fdp não reagiram nem um pouco bem a possibilidade, queriam que se eu tivesse grávida tirasse a criança. Claro que não iria tirar, mas hoje analisando a situação vejo que perigo seria eles usarem algum outro meio que eu perdesse a criança. Qdo são teus namorados fazem planos de terem filhos contigo, na hora do susto mudam completamente.

Mulheres fortes de Chupins Violentos disse...

CAra use camisinha, anti-concepcional e tudo que puder, NAO ENGRAVIDE antes de estar uns 15 anos com o cara curta o namoro ou caamento pelo amor de deus PAREM DE FAZER FILHOS, SE PARAREM PRA PENSAR E FAZER CONTAS QUEM SABE VCS ACORDEM(HOMEM E MULHER)

Anônimo disse...

claro camisinha sempre, mas já estou com 31 anos, não posso me dar o luxo de esperar 15 anos, mas em contra partida tb não vou me atrever a fazer filho com qualquer um, se não puder ter filhos nessa vida, paciencia;

Mulheres fortes de Chupins Violentos disse...

:)

Mulheres fortes de Chupins Violentos disse...

PENSE BEM SE FOR TER SOZINHA

Anônimo disse...

Não quero ter filho sozinha, sou contra produção independente. Para ter um filho tem que ter uma estrutura, uma familia formada, não quero colocar uma criança no mundo de forma irresponsável, e tb não é fácil criar sozinha

Mulheres fortes de Chupins Violentos disse...

NEM SEMREP CRIAR SOZINHA ÀS VEZE É MELHOR DO QUEO QUE VOCÊ TERIA OU QUERIA

Anônimo disse...

também....como já disse aqui. Se é para ter um pai bebado, violento, vagabundo, certamente é bem melhor

Postar um comentário

Olá, seja bem vinda ESCREVA e faça valer a sua opinião.